Câmbio e Dinheiro nas viagens. Como? O que? Quanto? E onde levar?





Daí você consegue a grana pra viajar, mas surge a dúvida, que moeda levar? Viajar tem as partes chatas, uma delas inclui estudar e fazer os câmbios nas fronteiras que pode ser sussa, mas não quando você chega a fazer 12 fronteiras numa tacada só como eu fiz na minha última expedição hehe, segue as dicas!



Bueno hermanos, então não deixe para última hora essa parte chata do planejamento, é uma assunto que você já deve ter pesquisado e/ou uma hora vai precisar saber, mas vou te contar pela minha experiência sobre como não tornar isso um caos.

Como já disse, já viajei por todos os países na América do Sul, solo, mais de uma vez, e sempre estudo a respeito desse assunto, porque não é só levar um montante e bora rodar. Já já te conto como faço os cálculos de quanto levar, onde trocar, o que levar...
Mas antes, vamos falar sobre:

* Como levar.
Existem hoje várias formas de se levar dinheiro que não seja em papel, e graças a Deus isso vai melhorando com o tempo, o famoso dinheiro virtual né. Eu vou falando uns exemplos aqui, mas não vou me aprofundar pra não fugir do tema do vídeo que ficaria enorme, caso se interesse em algum desses exemplos, pesquise mais a fundo aqui mesmo no youtube.


* Bancos
 Você pode por o dinheiro no Banco físico e ir sacando pelos países, mas não é muito viável devido às taxas e burocracias (vc precisa ir na agencia para habilitar o saque internacional, corre o risco de não achar agencias parceiras, etc). Nesse caso eu iria preferir os novos Bancos Digitais, que na minha opinião são o futuro de todas soluções, por exemplo, tenho o Banco Inter, mas na época que fui ainda não tinham a opção de câmbios e transferências internacionais sem taxas, hoje já tem, então esses bancos digitais estão melhorando muito, a enorme vantagens são as taxas zeros ou quase zero, creio que aqui em breve será o método mais usado num futuro próximo, de você por todo seu dinheiro lá e poder sacar em qualquer caixa eletrônico pelo mundo facilmente, sem burocracias e taxas, usando um cartão de débito ou credito, ou mesmo só o celular, ohhh sonho!
Mas enquanto isso, vamos às outras opções, algumas não tão viáveis, mas existem:

* Cartão de crédito internacional: qualquer um já pode ter um desses, é prático, seguro, mas cobra o famoso iof de 6% para transações internacionais e cobra o valor da moeda no dia do fechamento, então vc nunca saberá ao certo quanto irá pagar mesmo por aquilo, ridículo isso, o que o torna inviável, pelo menos para mim e para os que viajam no modo econômico onde a grana é sempre o mais difícil, mas é sempre bom levar, pois serve para uma emergência. Há, lembrei, uma grande vantagem aqui do cartão internacional, é que em muitos lugares, você pagando o hotel com cartão de crédito internacional você ganha um bom desconto, acaba saindo mais em conta, mesmo com o iof! Essa dica vale também perguntando no hotel se eles aceitam Passaporte como desconto na diária!
Outras necessidades do cartão de crédito são os Calções, caso vc alugue um carro por lá, vai precisar de um calção no cartão. Em alguns hotéis as vezes precisa.
Sacar dinheiro com cartão de crédito: jamais, taxas, comissões, intermediações, iof, aff, se organize antes!
Cartão de Débito, mesmas coiseiras, esquece!

* Cartão de Crédito Internacional Pré-Pago
(que vira um cartão de débito lá né), a diferença do anterior é que aqui você põe dinheiro nele antes de sair do Brasil, você vai em qualquer casa de cambio e lá eles te dão um, vc põe crédito e va embora! Mas infelizmente aqui também tem o maldito iof de 6% que vc paga também antecipado, aff. Há, não esqueça: peça cartão multi-moeda, pq se vc for por exemplo pra Bucarest, a moeda lá é o... acho que é o leu (RON), que é dividido em 100 bani se não me engano, há, esqueci, tá, mas seu cartão vc colocou em dólares aqui no Brasil, se for multi-moedas, quando fizer uma compra lá, ele automaticamente vai converter o Ron em Dólar e funcionar, fique atento!
Apesar das taxas, mesmo assim eu também o levo, com pouca grana, mais para uma emergência, mas esse tipo de cartão tem uma graaaande utilidade, eu o tenho mais para uma emergência para o Seguro Viagem, mas como assim, o que tem a ver com seguro viagem? É que, se Deus nos livre, um acidente e você precisa ficar num hospital no exterior, nunca se sabe do financeiro, tem hospitais que cobram 15 mil dólares a diária, tá, mas isso o Seguro viagem paga! Negativo, não é bem assim, o seguro paga sim, mas quando você retornar para o Brasil, trás as notas fiscais e recebe, até lá é você quem deva pagar lá na hora, e aqui onde entra o PrePago, sua família pode depositar uma grana alta aqui mesmo no Brasil, tipo, vai na casa de cambio e deposita o valor no cartão pra vc e vc paga lá onde estiver, viu?! Prático né! Por isso é sempre bom ter um também.
Há, la vai outra dica legal: Tente colocar todos esses cartões em digital, nuvem, no celular, tem vários apps hj em dia, é só pesquisar aí, sim, muitos estabelecimentos vc já pode pagar usando apenas o celular, que vai estar vinculado ao cartão. Em breve e sonho com esse momento, agente vai ter apenas um pequeno aparelho para tudo em nossas vidas hehe, sem precisar carregar dinheiro, cartão, cobre, mala, ábaco, cheque, promissória, ticket refeição, bolsa vagabun... ops família, bahhh

* Transferências Internacionais
Transferwise, Remessa Online, Western Union, Revolut, Bancos Digitais, etc. Também são opções. Aqui você pode transferir dinheiro da sua conta no Brasil para uma conta no país onde está, mas aqui você precisa morar lá né, ou usar a conta de um hermano de lá, etc. Esses esquemas funcionam como
uma ponte entre os bancos. Desses que citei, hoje em 2019/2020, eu usaria o Remessa OnLine e o Banco Inter (é só pesquisar no youtube que vão ver que eles ganham nos comparativos, mas péra, isso está em sempre mudança), muitos vão falar só no tal Transferwise, nem entendo pq se tem outros com taxas bem menores, é só pesquisar! mas o Inter já tem opção de cambio e estão aprimorando isso, antes não se recebia por exemplo o Adsense no Inter, hj já recebo e foi uma maravilha ter me livrado da maldita taxa de 90 reais que o BB me cobrava a cada 100 dólares que o Youtube me paga por semestre, aff, (há sim, eu nunca falei quanto eu ganho com meus vídeos no youtube né kkk, mas é isso aí, tipo a cada 5, 6 meses eu recebo por volta de uns 110 dólares, não é muito, por isso digo que não faço vídeos por dinheiro, mesmo com os tantos haters que odeiam ouvir verdades hehehe) Então, em Breve esse tal Banco Inter vai dominar o mundo junto com o google mano kkkkk, e não gente, eles não estão me pagando pra fazer propaganda, eu sempre relato fatos que seja positivo ou negativo, importante é passar a informação né, independente dos haters mimimi hehe.

* Dinheiro vivo
Sim! Eis aqui a forma mais barata de se não perder dinheiro com taxas e impostos! Há mas muitos vão falar: ta doido, levar dinheiro, vão me roubar; gente, não é assim não, você não vai pegar um montão de dinheiro e vai numa favela esbanjando e mostrando pra todo mundo, isso é ser alvo fácil, viajantes não são bem assim, tem várias formas de se carregar dinheiro que torna mais seguro, doleiras, divida entre a mala, leve em lugares dentro da moto ou carro, etc. Não precisa colocar tudo
dentro da carteira. E sim é seguro. Você não vai ficar dando bobeira como eu já disse, fique sempre esperto, não seja Roubável (entendeu né), e outra por onde vc passa e vai dormir as pessoas ali, turistas também, estão na mesma vibe que você, também podem estar pensando: oh, esconde o celular um brasileño ali, (sim já me falaram isso uma vez kkk), tá, mas em lugares turísticos existem furtos e trombadinhas, sim, mas particularmente nunca vi um caso de roubos assim, assaltos, etc, como eu disse, esses lugares todos estão na mesma vibe, nunca senti insegurança alguma, e olha que sou de caminhar muito, fazer muito turismo de rua, bater perna, etc. Divida o dinheiro em vários lugares, cartão, moto, mala, carteira, meia, banco, etc.

Mas e o volume? Tá, aí sim é interessante: Levar dólar ou real. Depende.
Se vc vai só aqui na argentina, Paraguai, Uruguai, mesmo Atacama, pertinho e tal, pode levar só real, porque se comprar dólar aqui e fazer cambio nas fronteiras vai perder no cambio 2x, não faz sentido.
Agora, vou usar meu exemplo que viajei por 12 países numa tacada só, aí já não rola levar real, claro levo real para enquanto no Brasil, mas levo Dólar, porque é menos volume, vc faz canudos (pq não pode dobrar o dólar) e esconde nos lugares mais sinistros do planeta terra ashuaahsua. Daí nas fronteiras você troca dólar pela moeda local. É bem menos volume, pensa, vc pode levar uns 400 reais em uma só nota? Muito mais pratico né.
Agora, fique atento quanto ao valor, dependendo para onde for e quanto levar, tem que declarar na Receita Federal, nunca tente fazer nada via Jeitinho Brasileiro, não compensa.
Outra coisa é que para entrar em alguns países, pesquise antes o valor mínimo que eles exigem para entrar lá na hora da aduana.

* Onde fazer câmbio?
Bom, aí entra sua pesquisa antes de sair, existem vários sites para pesquisar valores de câmbios, daí você ve se na sua cidade ou lá na fronteira. Mas eu geralmente faço na fronteira, porque a oferta é maior, logo o preço é melhor, tem muita concorrência ali, todos querendo cambio e tal, antes eu procurava as agencias nas fronteiras, mas ultimamente eu ando fazendo na rua mesmo, com aqueles caras com coletes vendendo igual água. Há mas é seguro? Claro, agente fica com a pulga atrás da orelha né, brasileiro é sempre desconfiado, eu geralmente fico olhando antes, vejo as entrelinhas, desconfio bastante, mas acabo indo lá com esses caras mesmo na rua, porque pensa, se eles fossem bandidos, a policia já estaria ali, alguém já tinha denunciado, ou o cara estaria meio escondido, te chama pros becos, fica de olho em tudo como se estivesse com medo, por isso quanto mais na rua ao ar livre, mais eu acho seguro hehe.
Outra coisa é saber se o dinheiro é falso ou não, pra isso existe a internet, é só pesquisar por como olhar notas falsas no país local... Como eu já trabalhei muito em gráfica, eu tenho um tato bom para notas falsas apenas olhando e pegando no papel. Mas de todos os câmbios que já fiz, sempre me senti seguro e nunca tive problemas, até mesmo lá no Suriname que foi um dos mais tensos que já fiz hehehe e foram super honestos comigo! Mas se mesmo assim vc estiver muito inseguro, ali mesmo na fronteira vc pergunta onde existe Casas de Cambios, bancos, etc. Fronteira é ótimo e mais barato para tudo isso, até mesmo os Seguros obrigatórios para o país seguinte.

Aeroporto, eu costumo fugir de cambio em aeroporto, porque? Eles pagam um caríssimo aluguel, funcionários, aos finais de semana que os bancos estão fechados eles cobram mais caro ainda, então toda essa conta é vc quem paga. De tudo se não der, eu troco o mínimo possível, daí saio perguntando às pessoas que mais entendem do assunto onde vou fazer outro cambio mais barato, taxistas, hotéis são bons nisso, enfim, fiz isso na Colômbia umas 3x kkkk Mas me dei bem.




* Quanto levar
Isso é relativo, pq depende de muitos fatores e de pessoa para pessoa, meus gastos pessoais não servem de base, pois sou do tipo que posso comer 1x só por dia, hostel barato, durmo no mato, couchsurfing, 30 a 40 km/lt na moto, economizo nos tours, etc. Mas da uma olhada nesse vídeo que você terá uma base na sua realidade!

Para vc ter uma idéia, o consenso mundial do motociclismo, dita-se um valor de 100 dólares a diária para um mototurismo internacional, individual, alguns chegam a dizer que não consegue um modo econômico com menos de 150 dólares.... cara... por isso não dito nada, muitos me perguntam quanto gastei, não respondo. Nunca gastei nem metade disso por dia, é um assunto pessoal e polêmico, digo que vá lá, faça seu planejamento e vá viver do seu modo!


Se não tem grana e não tem tempo (o que discordo muito) e provo isso aqui nesse vídeo, é só questão de planejamento, corra atrás e pare de fazer vitimismo ou ficar atacando quem consegue.
Cada um tem o direito de gastar seu dinheiro independente do que os outros vão julgar, ricos ou pobres. Simples assim.
E bora rodar e ser feliz com o que tem! Tudo é de Deus, inclusive a permissão, tenha Fé!
Abraços meus brotherssss dale!



Deixo abaixo, essa mesma matéria em forma de vídeo, ficou muito bom!

 







(também não gosto dessas propagandas, mas clica aí só pra me ajudar a ganhar um dinheirinho do google hehehe)

Nenhum comentário:

Postar um comentário